Viserys II Targaryen

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Para os artigos que compartilham o mesmo título, por favor veja esta página de desambiguação. Disambig.png

Targaryen.png
Viserys II
Targaryen.png
Viserys II Targaryen Amoka.jpg
Viserys II por Amoka ©
Informações biográficas
Reinado 171 d.C. - 172 d.C.
Nome completo Viserys II Targaryen, o Segundo de Seu Nome
Outros títulos Rei dos Sete Reinos
Mão do Rei para Daeron I e Baelor I
Nascimento Antes de 122 d.C.
Morte 172 d.C.
Família
Casa Real Casa Targaryen
Predecessor Baelor I
Sucessor Aegon IV
Esposa Larra Rogare
Filhos Aegon
Aemon
Naerys
Mãe Rhaenyra Targaryen
Apêndice
Mencionado
Outros livros
Mencionado
Mencionado

Viserys II foi o décimo rei Targaryen a sentar no Trono de Ferro. Ele era o irmão mais novo de Aegon III e filho de Rhaenyra Targaryen.

Aparência e personalidade

Veja também: Imagens de Viserys II Targaryen

Segundo fontes extra-oficiais, Viserys II vivia sempre bem barbeado e tinha um longo cabelo que caía sobre seus ombros. Possuía um nariz bem proeminente, grossas sobrancelhas e um olhar sagaz, capaz de julgar qualquer um que olhasse. Usou a coroa dourada de seu irmão, Aegon III.[1]

História

Nascido em 122 d.C., Viserys foi o segundo filho nascido de Daemon Targaryen e sua esposa, a Princesa Rhaenyra. Conforme a tradição Targaryen, um ovo de dragão foi colocado em seu berço.[2] Seu nome é uma homenagem ao avô, Viserys I Targaryen.

Viserys tinha quatro irmãos; três eram do casamento anterior de sua mãe com Laenor Velaryon (Jacaerys, Lucerys e Joffrey Velaryon) e um que era seu irmão por parte de pai também, Aegon, o Jovem. Ele também tinha duas irmãs mais velhas, Baela e Rhaena Targaryen, do casamento anterior de seu pai.[2]

Viserys viveu com sua mãe, pai, irmãos e irmãs em Pedra do Dragão, com sua mãe na posição de herdeira da coroa. Quando seu avô morreu em 129 d.C., Viserys e sua família estavam longe da capital, já que sua mãe estava grávida do seu sexto filho. A menina, contudo, nasceu natimorta.

Em 129 d.C., quando a Dança dos Dragões começou, a pedido do seu meio-irmão Jacaerys Velaryon, Viserys e seu irmão Aegon foram mandados para Essos, a bordo do Gay Abandon, para ficaram sob os cuidados do príncipe de Pentos até que sua mãe conseguisse assegurar seu trono. Contudo, o seu navio foi interceptado por uma frota do Reino das Três Filhas, aliados da facção dos Verdes e de Aegon II Targaryen. O Gay Abandon e todos abordo foram capturados. Aegon, o Jovem, conseguiu fugir em seu dragão Stormcloud, mas Viserys tinha apenas um ovo e ficou para trás. Ele escondeu seu ovo de dragão e se fantasiou de um garoto comum, mas um tripulante revelou sua identidade. Um capitão Tyroshi o levou para Sharako Lohar, o almirante da Triarquia. O destino de Viserys foi desconhecido pelo resto da Dança dos Dragões, com sua família acreditando que ele havia morrido na batalha.[2]

Viserys acabou em Lys sob a proteção dos Rogare, uma rica e poderosa família das Cidades Livres. Viserys se casou, aos 12 anos, com Larra, em 134 d.C., filha do poderoso e influente banqueiro Lysandro Rogare.[3][4]

Durante o reinado do irmão mais velho de Viserys, Aegon III, foi sabido em Westeros que Viserys tinha sobrevivido a guerra. Ele foi recuperado por Alyn Velaryon, em 134 d.C. ou 135 d.C., após um resgate ser pago aos príncipes de Lys. Viserys logo reportou para Porto Real. Aegon III nunca tinha se perdoado por ter abandonado o irmão na véspera da Batalha na Goela e o retorno de Viserys foi um motivo de comemoração. Pelo restante da vida de Aegon, Viserys foi a única pessoa que o rei confiava totalmente.[3]

Viserys levou para a capital sua nova esposa, Larra Rogare, e vários membros de sua família. A família Rogare era ambiciosa e logo se viu mergulhada nas tramas políticas durante a regência de Aegon III. Embora os Rogares na Fortaleza Vermelha tenham cometido alguns crimes, seus rivais em Porto Real os acusaram de muitos mais. Em 135 d.C., Lorde Thaddeus Rowan foi torturado numa tentativa de encontrar evidências contra os Rogares e Sor Marston Waters, o Mão do Rei, mandou homens para capturar Larra após prender os irmãos dela. Aegon e Viserys se recusaram a entrega-la, contudo.[3]

Viserys e Larra tiveram três filhos: Aegon (nascido em 135 d.C.), Aemon (nascido em 136 d.C.) e Naerys (nascido em 138 d.C.). Apesar de tudo, Larra nunca se sentiu feliz na corte e em 139 d.C., ela deixou Viserys e seus filhos e voltou para Lys, uma experiência que deixou irritado e severo. Viserys casou seu filho Aegon com sua filha Naerys em 153 d.C., com a benção do rei Aegon III, enquanto Aemon se tornou um cavaleiro da Guarda Real.[3][5]

Quando Aegon III atingiu a maioridade, em 136 d.C., ele dispensou seus regentes e seu Mão, e nomeou o príncipe Viserys como sua nova Mão do Rei. Viserys serviu nesta posição durante todo o reinado de Aegon III e também durante o governo dos seus dois filhos, Daeron I e Baelor I. É dito que ele foi o responsável por manter a força e a unidade do reino enquanto Daeron guerreava e Baelor rezava. Dizem que, para poupar o país da vergonha, Viserys usou sua posição como Mão para envenenar o homem que Baelor havia apontado como Alto Septão (que era um pedreiro).[3][6]

Reinado

Viserys II subiu ao trono já com uma idade avançada, aos 49 anos, logo após a morte de seu sobrinho, o rei Baelor, o Abençoado. Viserys é pouco lembrado pela maioria do povo de Westeros, devido ao seu curto reinado, uma vez que sentou-se no trono por menos de um ano. Entretanto, na verdade, foi ele quem preservou a integridade do país durante os reinados de seus sobrinhos.[7]

Quando Viserys assumiu o poder, muitos plebeus e lordes acreditavam que o Trono de Ferro deveria ter passado para Daena, a irmã do rei Baelor, já que ela era a filha mais velha de Aegon III. Contudo, ela e suas irmãs não tinham aliados e a memória de Rhaenyra Targaryen e a Dança dos Dragões deixou muitos receosos com a ideia de uma mulher no trono. Além disso Daena era considerada muito selvagem, ingovernável e devassa (ela já tinha dado a luz a um filho bastardo chamado Daemon). Com todas essas questões, a coroa de Viserys II estava segura.[5]

Embora seu reinado tenha durado apenas um pouco mais de um ano, Viserys instituiu algumas reformas na corte real e suas funções, estabelecendo uma nova cunha de moedas real, se esforçou para aumentar o comércio através do mar estreito e fez mudanças positivas no já progressista código de leis estabelecidas pelo Velho Rei, Jaehaerys I. É dito que Viserys II poderia ser outro Jaehaerys o Sábio, porém uma doença acabou encerrando sua vida prematuramente em 172 d.C..

Viserys foi sucedido por seu filho mais velho, Aegon IV Targaryen. Alguns acreditam que sua morte pode ter sido um regicídio e que Aegon IV teria sido a pessoa que o envenenou.[5]

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jaehaerys I}
 
{Alysanne}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Aemma
Arryn}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Viserys I}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Alicent
Hightower}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filhos
natimortos
 
{Baelon}
 
{Rhaenyra}
 
{Aegon II}
 
{Helaena}
 
{Aemond}
 
{Daeron}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Daenaera
Velaryon}
 
{Aegon III}
 
{Jaehaera} (filha
de Aegon II)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Viserys II}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Daeron I}
 
{Rhaena}
 
{Elaena}
 
{Baelor I}
 
{Daena}
 
{Aegon IV}
 
{Naerys}
 
{Aemon}
 
 
 

Referências

  1. Targaryen Kings. (November 1, 2005) So Spake Martin
  2. 2,0 2,1 2,2 A Princesa e a Rainha.
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Aegon III.
  4. O Mundo de Gelo e Fogo, Além do Reino do Pôr do Sol: As Cidades Livres, As Filhas Briguentas: Myr, Lys e Tyrosh.
  5. 5,0 5,1 5,2 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Viserys II.
  6. O Festim dos Corvos, Capítulo 43, Cersei.
  7. A Tormenta de Espadas, Capítulo 59, Sansa