Ações

Barbassangrenta

Barbassangrenta
Bloodbeard by Тхе Мичо.jpg
Barbassangrenta, por The Mico/Тхе Мичо ©.
Título Capitão da Companhia do Gato
Lealdade Companhia do Gato
Aparece
Mencionado

Barbassangrenta é o capitão da Companhia do Gato.

Aparência e características

Veja também: Imagens de Barbassangrenta

Barbassangrenta é um homem imenso com uma grande barba[1] e um feroz e vermelho bigode com longas tranças.[2] Ele também é barulhento,[1] com uma voz poderosa,[3] que não se envergonha de gritar, arrotar e peidar.[1] Ele é considerado selvagem,[3][1] com um feroz apetite não só por vinho e mulheres,[1] mas também por ouro, glória e sangue.[1][3] Em contra partida, ele não tem gosto pela paz.[4]

Barbassangrenta e Príncipe Esfarrapado, o líder dos Soprados pelo Vento, se desprezam entre si.[3][4]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Dança dos Dragões

Barbassangrenta aceita o contrato de Yunkai e está presente no Cerco de Astapor e depois Meereen.[3]

Barbassangrenta fica desapontado quando a paz é declarada depois que a Rainha Daenerys Targaryen se casa com Hizdahr zo Loraq, já que ele estava ansioso para saquear Meereen. Rainha Daenerys observa Barbassangrenta durante o banquete de celebração de paz com o Yunkai, que ocorre no salão da Grande Pirâmide.[1]

Após o desaparecimento da Rainha Daenerys e Drogon, Tyrion Lannister, que era escravo de Yezzan zo Qaggaz, ouve por acaso Barbassangrenta recomendar que enviem os reféns de Daenerys de volta para Meereen através de catapultas.[5]

Junto com o novo comandante do exército Yunkai, Barbassangrenta apresenta ao Rei Consorte Hizdahr a cabeça decapitada de um dos reféns da Rainha Daenerys, Groleo o Mestre dos Navios, que estavam presos sob o comando de Yunkai. A decapitação teve como justificativa a retaliação pelas mortes do comandante Yunkai, Yurkhaz zo Yunzak, que foi morto quando Drogon atacou as Arenas de Luta durante o casamento da Rainha Daenerys Targaryen e Hizdahr zo Loraq.[6]

Citações

Citações sobre Barbassangrenta

Barbassangrenta, o selvagem comandante dos Gatos, era um gigante vociferador com um feroz apetite por matar e que não fazia segredo de seu desdém pelos “velhos anciãos em farrapos”.[3]
Quentyn Martell
Barbassangrenta, da Companhia do Gato, fazia barulho suficiente por ele e mais uma dúzia. Um homem imenso, com uma grande barba e um apetite prodigioso por vinhos e mulheres, gritava, arrotava, peidava como um trovão e beliscava cada serva que estava ao seu alcance. De tempos em tempos, puxava uma para seu colo, para apertar seus seios e acariciá-la entre as pernas.[1]
— Rainha Daenerys Targaryen
Barbassangrenta. Se me permite, Vossa Graça, não queremos nada com ele. Vossa Graça é jovem demais para lembrar dos Reis de Nove Moedas, mas este Barbassangrenta é cortado do mesmo tecido selvagem. Não há honra nele, apenas fome... por ouro, por glória, por sangue.[1]
— Sor Barristan Selmy
Ela espiou o rosto marcado pelas intempéries de Ben Mulato, e o feroz e vermelho bigode e as longas tranças de Barbassangrenta. [2]
— Rainha Daenerys Targaryen
Barbassangrenta... aquele um não tem gosto pela paz.[4]
Skahaz mo Kandaq

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Bloodbeard, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências