Tanda Stokeworth

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stokeworth.png
Tanda Stokeworth
Stokeworth.png
Tanda Stokeworth.jpg
Tanda Stokeworth por Тхе Мичо/The Mico ©.
Título Senhora de Stokeworth
Lealdade Casa Stokeworth
Nascimento Em Stokeworth[1]
Morte Em 300 d.C., em Stokeworth
Mencionada
Aparece
Aparece
Mencionada
Mencionada

Lady Tanda Stokeworth é chefe da Casa Stokeworth e Senhora de Stokeworth.[2] Ela foi tia da segunda esposa de Lorde Gyles Rosby, além de ser prima de terceiro grau de Lorde Gyles.[3]

Características

Veja também: Imagens de Tanda Stokeworth

Tanda não é considerada particularmente sábia[4] ou atraente.[5]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Em uma reunião com Eddard Stark, Lorde Petyr Baelish afirma que está a caminho de jantar com Lady Tanda e discutir um possível casamento com sua filha Lollys. De acordo com Mindinho, as refeições de Lady Tanda são sempre tão fartas quanto persuasivas, e que está ansioso pelo empadão de lampreia e leitão assado. No entanto, ele admite que preferia casar-se com um porco do que com Lollys, mas pede para Eddard não contar isso para Lady Tanda.[6] Em uma reunião posterior entre os dois, Lorde Baelish menciona novamente estar a caminho de jantar com Lady Tanda. Desta vez, ele espera ser servido de uma vitela de engorda, e ele zomba que, se a vitela tiver metade do peso de Lollys, provavelmente irá se romper e morrer.[7]

Em outra reunião com Eddard após a morte do Rei Robert, Lorde Baelish diz que há pouco amor perdido entre Renly Baratheon e os Lannisters, citando Lady Tanda neste contexto, como uma possível defensora de um golpe.[8]

A Fúria dos Reis

Lady Tanda é uma das demais cortesãs na corte após o início das hostilidades com o Norte. Ela comparece ao Torneio do 13º Dia do Nome do Rei Joffrey com suas filhas, Falyse e Lollys. Ela comemora enquanto o Príncipe Tommen cavalga contra um guerreiro de couro do tamanho de uma criança, estofado com palha.[9]

Ela começa a perseguir Tyrion Lannister no minuto ele chega à Fortaleza Vermelha, tentando persuadi-lo com refeições luxuosas a se casar com Lollys. Tyrion tenta repetidamente evitar os convites dela.[10][11]

Varys informa Tyrion Lannister sobre uma pequena ceia realizada por ela na noite anterior, e entrega-lhe a lista de convidados para inspeção, mencionando também que, quando Lorde Gyles Rosby levantou-se para erguer a taça ao rei, Sor Balon Swann comentou zombeteiramente que eles precisariam de três taças para isso, fazendo muitos convidados rirem. Tyrion desconsidera essa incidência como insignificante.[12]

Conforme os suprimentos ficam escassos em Porto Real duriante a Guerra dos Cinco Reis, as terras de Lady Tanda e Lorde Gyles fornecem metade da comida, pois eles estão perto da cidade ao norte e ainda essão intocados pela guerra.[11]

Ela e Lollys fazem parte da procissão para ver a partida da Princesa Myrcella para Dorne. Quando a multidão enlouquece nas ruas de Porto Real, ela é salva por Sor Horas Redwyne, mas sua filha não tem tanta sorte e é deixada para trás. Lady Tanda fica ao saber da filha e implora aos homens do rei que a localizem. Acontece que Lollys sobreviveu, mas foi vítima de um estupro coletivo atrás de uma loja de curtumes, no qual participaram 50 homens.[13]

Tyrion e Varys discutem as opções para trazer Shae para a Fortaleza Vermelha sem que a Rainha Cersei tome conhecimento disso, com Tyrion sugerindo que Shae poderia trabalhar na cozinha. Varys levanta algumas objeções e então menciona que ele sabe que a criada que atende Lollys tem roubado as jóias dela, apontando que Lady Tanda seria forçada a dispensar a garota se ele a informasse sobre isso, abrindo uma posição para Shae. Tyrion gosta da ideia de Shae trabalhar para Lollys, especialmente porque Cersei considera Lady Tanda entediante e histérica e sua filha estúpida e, portanto, não propensa a responder quaisquer convites de visita que fizesse ela conhecer Shae.[14]

Ela está presente na cerimônia de Sor Balon Swann e Sor Osmund Kettleblack como novos membros da Guarda Real no septo do castelo. Tyrion está desapontado que Lollys não esteja acompanhando sua mãe, já que ele esperava ver Shae. Ele se lembra de que Shae perguntara se poderia trazer algumas de suas peças de vestuário bordadas com jóias para usar em sua nova posição. Ele se opusera à sugestão, pensando que, embora Landy Tanda não fosse uma mulher inteligente, até mesmo ela havia lhe perguntado por que a camareira de sua filha tem mais jóias do que Lollys.[4]

Depois que Tyrion interceptou Lorde Gyles quando ele, por ordem da rainha Cersei, tentou tirar o príncipe Tommen de Porto Real, Lady Tanda aparentemente fica preocupada que seu pedido de permissão para retornar ao castelo onde vive também seja rejeitado. Ela prepara para Cersei um leitão como presente, uma iguaria rara dentro da cidade faminta, e Cersei acha que é um suborno. Enquanto jantam o porco, Tyrion e Cersei discutem a ideia, e Tyrion diz que prefere que Lady Tanda fique na Fortaleza Vermelha e sugere que, se ela quiser se sentir salva, ela deve trazer sua própria guarnição para Porto Real.[15] Falyse traz um pequeno número de soldados de Stokeworth a Porto Real no dia anterior à batalha.[16]

Durante a Batalha do Água Negra, Lady Tanda permanece na Fortaleza Vermelha com suas duas filhas, e elas são convidadas pela Rainha Cersei para buscar refúgio com ela no Salão de Baile da Rainha na Fortaleza de Maegor. Sansa Stark as encontra no caminho e percebe que ela não poderá evitá-las, observando como Falyse tenta persuadir Lollys a passar sobre a ponte levadiça que leva até a Fortaleza de Maegor. Lady Tanda anuncia com uma voz frágil que a batalha começou. Quando Sansa oferece ajuda para lidar com Lollys, Lady Tanda fica vermelha de vergonha e rejeita a oferta gentilmente, desculpando o comportamento de Lollys, apontando que ela não está se sentindo bem, enquanto Sansa sabe dos rumores de que Lollys está grávida.[16] Depois de uma refeição no salão de festas, ela e suas filhas e outras mulheres, pedem licença para ir ao septo, e Cersei concede.[17]

Juntamente com suas filhas, ela assiste a apresentação de heróis e cativos na sala do trono depois que as forças de Joffrey vencem a batalha, e Sansa Stark percebe que em seus vestidos de seda turquesa, até mesmo Lady Tanda e suas filhas parecem bonitas.[18]

A Tormenta de Espadas

Seguindo os conselhos de Shae, ela contrata Symon Língua de Prata para cantar para Lollys para acalmá-la quando o bebê começar a chutar. Quando Shae pergunta a Tyrion se ela poderia vestir seus bons tecidos e assistir ao casamento do Rei Joffrey e Margaery Tyrell, Tyrion faz objeções e diz que Lady Tanda pode se perguntar onde a camareira de sua filha encontrou tantas joias. Shae argumenta que encontraria um local coberto e Lady Tanda nem a veria entre os mil convidados.[19]

Lady Tanda oferece Lollys como esposa de Tyrion para Lorde Tywin Lannister. No entanto, Lorde Tywin quer que Tyrion se case com Sansa Stark para assegurar a influência Lannister no norte. Quando Tyrion se opõe, Lorde Tywin diz que terá que encontrar outra esposa para ele, trazendo a oferta de Lady Tanda. Tyrion responde que prefere cortar seu pênis do que se casar com Lollys.[20]

Shae menciona a Tyrion que Landy Tanda frequentemente fornece vinho dos sonhos para Lollys. Shae novamente levanta a ideia de comparecer ao casamento real e Tyrion, cada vez mais preocupado com sua segurança, lembra que Varys disse a ele que deu a Shae uma história falsa quando ela foi contratada como empregada doméstica de Lollys. Mas que isso era apenas o suficiente para servir a Lady Tanda e sua filha, sugerindo que a história correria perigo se Rainha Cersei começasse a fazer perguntas sobre isso.[21]

Como convidada no casamento de Joffrey e Margaery, Tanda dá ao rei um par de botas de montaria. Ela deixa a sala do trono enquanto Joffrey está dando seus últimos suspiros, e encontra-se com Sansa Stark. enquanto ela foge. Ao notar que Sansa está soluçando, ela diz: "Tem um bom coração, senhora. Não é qualquer donzela que choraria assim por um homem que a pôs de lado e a casou com um anão. [...] Os deuses são cruéis por o levarem tão jovem e bonito, em seu próprio banquete de casamento."[22]

Sor Bronn diz Tyrion que ele é esperado em Castelo Stokeworth para o jantar, revelando que ganhou a mão de Lollys em casamento. Tyrion, suspeitando de uma conspiração de Cersei para tirar Bronn do caminho, aponta que Lollys está grávida de outro homem e que ela não herdará Stokeworth quando Lady Tanda morrer; e sim sua irmã mais velha Falyse. No entanto, Bronn não se incomoda com o bebê e faz a sinistra sugestão de que Falyse poderá morrer antes de sua mãe. Isso faz com que Tyrion se pergunte se Cersei tem alguma noção do tipo de serpente que ela dera para sugar Lady Tanda, e se ela se importaria se soubesse.[23]

O Festim dos Corvos

Lady Tanda permanece em Stokeworth com sua filha, uma vez que Lollys torna-se grávida demais para viajar, mandando suas desculpas através da filha Falyse para Cersei Lannister já que não comparecerá ao funeral de Tywin. Ela pede permissão para nomear o filho de Lollys em homenagem a Lorde Tywin, já que ela o admirava acima de todos os outros homens. Cersei se opõe fortemente à ideia, dizendo a Falyse que ela não quer que um bastardo, resultante de um estupro coletivo, carregue o nome de seu pai. Falyse fica chocado com a ferocidade da rejeição, mas seu marido, Sor Balman Byrch, garante a Cersei que ele já contou a Lady Tanda e que eles encontrarão um nome mais adequado para a criança.[24] Ela e suas filhas não comparecem ao casamento de Rei Tommen e Margaery Tyrell, pelo que Cersei é grata, pois poupa os abraços lacrimosos de Lady Tanda.[25]

Grande Meistre Pycelle informa Cersei que Lady Tanda enviou notícias de que Lollys pariu um filho forte e saudável, e que o nome da criança é Tyrion. Lady Tanda insiste que a escolha não foi dela, mas sim de SorBronn, marido de Lollys.[25]

Enquanto ainda está em Stokeworth, Lady Tanda cai do cavalo, quebrando o quadril no acidente. Um garoto dos estábulos é castigado por isso, já que deveria ter visto que a correia estava desgastada. Lady Tanda é assistida por Meistre Frenken, que assegura à Falyse que ele está fazendo tudo o que pode. No entanto, quando a rainha Cersei pergunta sobre a condição de sua "querida mãe", Falyse sugere que há pouca esperança e que eles começaram a orar por ela. Pensando sozinha, Cersei espera que Lady Tanda esteja morta antes que a lua se transforme, já que mulheres tão velhas quanto ela não sobrevivem a um quadril quebrado. No entanto, ela garante a Falyse que ela também oraria por Lady Tanda, dizendo-lhe que Lady Tanda é a irmã que ela nunca teve.[3]

O que acontece à Lady Tanda quando Falyse informa a Cersei que seu plano de matar Bronn falhou não se sabe. Como Bronn expulsou Falyse de Stokeworth após matar seu marido, auto-intitulando-se como "Lorde Stokeworth", Falyse imagina o que será de sua pobre mãe agora. No entanto, Cersei acha que Lady Tanda pode muito bem já estar morta, já que Bronn não parece ser o homem que se esforçaria muito para cuidar de uma idosa com o quadril quebrado.[26]

Lady Tanda finalmente morre de um abatimento causado por sua lesão. Quando Cersei recebe a notícia na mesma época em que Lorde Gyles Rosby também aparece morto, ela acha que ainda é bom ter o Rapaz Lua por perto, já que a corte estaria completamente desprovida de tolos.{Ref|aFfC|36}}

Família

 
{Tanda}
 
Desconhecido
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Falyse}
 
{Balman
Byrch}
 
Desconhecido
 
Lollys
 
Bronn da
Água Negra
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tyrion
Tanner
 
 
 
 
 

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Tanda Stokeworth, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências