Ações

Pardais

Pardais com um septão - por Marc Simonetti ©

Pardais são os mais pobres dentre aqueles que seguem a Fé dos Sete durante e depois da Guerra dos Cinco Reis. O nome de "pardal" é usado por conta do pássaro comum.[1]

Eventos Recentes

O Festim dos Corvos

Durante a Guerra dos Cinco Reis, septos em diversos locais de Westeros são pilhados, e homens e mulheres que juraram a Fé dos Sete são mortos, mutilados e feridos. Enquanto viaja para Valdocaso, Brienne de Tarth encontra pardais autoproclamados e irmãos mendicantes que estão marchando para Porto Real com os ossos dos mártires, na esperança de apresentá-los diante do rei Tommen Baratheon, pedindo proteção.[1][2] Brienne também conversa com um Anão dá fé que também é um Pardal, enquanto tenta encontrar Sansa Stark, e o anão dá informações sobre Dick Crabb e um "Bobo" que Brienne acredita ser Dontos Hollard, mas na verdade é Shagwell.[3]

Sor Harys Swyft avisa o pequeno conselho que já existem dois mil pardais na capital, com o número aumentando a cada dia. Esses fiéis estão especialmente furiosos com o Casamento Vermelho.[4]

Sor Jaime Lannister observa dois pardais pregando a uma multidão de centenas de plebeus na Praça do Sapateiro.[5] Septão Ollidor, um candidato a se tornar o novo Alto Septão, é humilhado quando os pardais o arrastam para fora de um bordel.[6] Para ficar em seu lugar, os pardais escolhem um de seus líderes, um pequeno septão, para ficar no Grande Septo de Baelor[2] O bobo Rapaz Lua diz que este novo Alto Septão é o "Alto Pardal".[7]

Rainha Regente Cersei Lannister observa centenas de pardais na praça e nos jardins do Grande Septo, e ossos e crânios estão empilhados diante da estátua do rei Baelor I Targaryen.[2] Cersei, a mando do Alto Pardal, anula a lei do rei Maegor I Targaryen, que proibia homens santos de pegar em armas em troca de perdão de dívidas. Os pardais juntam-se aos renascidos Pobres Companheiros, um dos dois ramos da Fé Militante, em massa.[2][8]

Jaime observa pardais em Darry, a nova sede de seu primo, Lorde Lancel Lannister. Lancel decide se juntar aos Filhos do Guerreiro.[8]

Alguns órfãos são levados para a Estalagem do Entroncamento por pardais, para que eles possam ser protegidos pela Irmandade sem Bandeiras.[9]

Citações

Septão: Os pardais não têm necessidade de ouro.

Creighton: Pardais?
Septão: O pardal é a mais humilde e a mais comum das aves, tal como nós somos os mais humildes e mais comuns dos homens.[1]

— conversa entre um septão e Creighton Longbough


Taena: Tive a mais perversa das ideias, Vossa Graça.

Cersei: É melhor guarda-la para você. A colina está repleta de pardais, e todos sabemos como os pardais abominam a perversidade.
Taena: Ouvi dizer que também abominam o sabão e a água, Vossa Graça.
Cersei: Talvez demasiadas rezas roubem a um homem o sentido do cheiro.[2]

Taena Merryweather e Cersei Lannister


O que nos tornamos, quando reis e grandes senhores precisam dançar conforme o piado de pardais?[10]
Randyll Tarly para Kevan Lannister

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Sparrows, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências