Abrir menu principal

Gelo e Fogo wiki β

Val faz parte do Povo Livre. Ela é irmã de Dalla, a esposa de Mance Rayder.[2]

Val
Val Amoka.jpg
Val por Amoka
Apelido(s) A Princesa Selvagem[1]
Cultura Povo Livre
Aparece
Mencionado
Aparece

Índice

Aparência e personalidade

Veja também: Imagens de Val

Val é uma bela jovem com cabelos loiros[2] na cor do mel escuro[3] que alcança sua cintura.[4] Muitas vezes ela deixa uma trança no cabelo e a deixa caído sobre o ombro.[5] Val tem olhos destemidos que parecem ser cinza claro[4][6] ou azuis.[3] Val tem bons quadris,[7] é alta,[6] graciosa, esguia, possui seios fartos[4] e é boa em montaria.[3]

Jon Snow diz que Val não é o tipo de mulher que se senta em uma torre esperando que algum herói a resgate, chamando-a de princesa guerreira.[3]

Ela tem um sorriso brincalhão e tem um senso de humor sagaz. Além disso, Val é uma mulher capaz e determinada, e não falhou em encontrar Tormund quando vários outros Patrulheiros experientes haviam falhado e ainda conseguiu convencê-lo de se encontrar com Jon Snow.

Eventos recentes

  Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Tempestade de Espadas

 
Val, por Drazenka Kimpel. ©

Val "roubou" Jarl, um corsário selvagem. Ela está presente na tenda quando Jon Snow é apresentado ao Rei-Para-Lá-da-Muralha, Mance Rayder.[2] Jarl morre ao tentar escalar a Muralha.[8]

Usando um Telescópio de Myr, durante a Batalha no Castelo Negro, Jon vê Val ordenando uma bode perto da barraca de Mance Rayder.[9] Quando o Rei-Para-Lá-da-Muralha é atacado por Stannis Baratheon, Val ajuda no nascimento do filho de Dalla[10] e eles são protegidos por Jon Snow.[1] Dalla morre no parto e Val é tomada prisioneira quando os selvagens são derrotados.

Jon Snow não concorda com a afirmação do Rei de que foi o próprio Jon quem capturou Val durante a batalha, pois na verdade ele estava protegendo Val e o filho de Dalla.[11] Esperando ganhar o apoio do Norte e Povo Livre, O Rei Stannis Baratheon oferece legitimar Jon Snow como Jon Stark, e dar o título de Senhor de Winterfell, além de casá-lo com Val.[4] Jon Snow recusa a oferta,[11] e logo depois é então eleito como Senhor Comandante da Patrulha da Noite.[12]

O Festim dos Corvos

Val vê os Irmãos Negros da Patrulha da Noite de sua cela na Torre do Rei. Samwell Tarly fica envergonhado as poucas vezes que ele fala com ela.[13]

A Dança dos Dragões

Muitos homens do Patrulha da Noite e do exército do Rei Stannis Baratheon ficam desbaratados com a beleza de Val. Os homens dos Sete Reinos a consideram uma princesa, mas para os Povo Livre ela é apenas a irmã de Dalla.[14] Sor Justin Massey espera casar Val e reivindicar Winterfell para si.[15] Confinado em suas cela, Val quase mata um homem com sua própria adaga enquanto tenta escapar.[6]

Val pede, sem sucesso, para que o Rei poupe o Mance Rayder, afirmando que ela estaria disposta a se casar com um sulista, se Mance sobrevivesse.[5] Enquanto o falso Mance Rayder é queimado vivo, Val observa com uma aparência régia. Ela não se junta às orações para R'hllor.[6]

Senhor Comandante Snow manda Val com um cavalo meio cego em uma missão de paz para trazer Tormund para a Muralha. Antes de partir, ela nomeia o filho Goiva de Monstro. Quando Val pergunta se foi Jon Snow quem matou Jarl, ele diz que a Muralha é responsável pela sua morte.[16] Alguns homens da Patrulha da Noite não concordam com as decisões do Senhor Comandante Snow de libertar Val e este fica furioso ao recusar o pedido de Sor Axell Florent de ver Val (que não estava na Muralha).[17]

Quando Val retorna com Tormund, o Senhor Comandante Snow fica impressionado, já que Val foi bem sucedida onde muitos homens experientes haviam falhado ao encontrar os selvagens. Jon teve realocar Val da Torre do Rei para o último andar da Torre de Hardin, já que o primeiro foi reivindicado pela Rainha Selyse Florent e o último é protegido pelo gigante Wun Weg Wun Dar Wun.[3]

Val se ajoelha quando é apresentada a Rainha Selyse Florent e a sua filha, a princesa Shireen Baratheon. Val fica incomodada sobre Shireen por causa do Escamagris, e menciona ao Senhor Comandante Snow que a criança não está limpa e deveria estar morta. Isso horroriza Jon, que fica aliviado por nem Rainha Selyse Florent nem os [[Homens da Rainha] ouviam Val quando ela disse.[3]

Val é mencionada na Carta do Bastardo que Ramsay Bolton manda para o Senhor Comandante Snow na Muralha.[18] Rainha Selyse Florent decide ter Val casado com Sor Patrek da Montanha do Rei, mas o cavaleiro é morto perto da Torre de Hardin por Wun Weg Wun Dar Wun.[18]

Citações

Citações de Val

Jon: Está tentando roubar meu lobo?

Val: Por que não? Se cada mulher tivesse um lobo gigante, os homens seriam muito mais gentis. Mesmo os corvos.

Tormund: Har! Não troque palavras com esta uma, Lorde Snow, ela é esperta demais para tipos como você e eu. Melhor roubá-la rapidamente, antes que Toregg acorde e pegue-a primeiro.

Jon: Toregg está disponível para ela. Eu fiz um voto.

Tormund: Ela não se importará. Se importará, garota?

Val:Lorde Corvo pode me roubar em minha cama na noite que quiser. Uma vez castrado, manter os votos será muito mais fácil para ele.

Tormund: Har! Ouviu isso, Toregg? Fique longe desta aí. Já tenho uma filha, não preciso de outra.[3]

— Conversa entre Val, Jon Snow e Tormund

Citações sobre Val

(…) Val estava ao lado dele, alta e séria. Eles a coroaram com um simples aro de bronze escuro, e mesmo assim ela parecia mais real em bronze do que Stannis em ouro. O olhos dela eram cinzentos e destemidos, resolutos. Sob um manto de arminho, ela vestia branco e dourado. Seu cabelo loiro-mel havia sido preso em uma trança que pendia sobre o ombro direito até a cintura. O frio no ar colocara cor em suas bochechas.[6]
Jon Snow em pensamentos
Val olhou-o com olhos cinza-claros. (…) Era tão bonita quanto ele lembrava, esguia, com seios cheios, graciosa até em repouso, com malares altos e pronunciados e uma grossa trança de cabelos cor de mel que lhe caía até a cintura.[4]
Jon Snow em pensamentos
(…) Sua respiração era branca também... mas os olhos eram azuis, a longa trança, da cor de mel escuro, as bochechas rosadas pelo frio. Fazia tempo desde que Jon Snow tivera uma visão tão adorável.[3]
Jon Snow em pensamentos
Uma garota em idade de se casar, não difícil de ser olhada. Bons quadris, bons seios, bem feita para parir crianças.[7]
— Sor Axell Florent para Jon Snow
Ygritte fora bonita do seu jeito, com seu cabelo vermelho beijado pelo fogo, mas era seu sorriso que fazia o rosto tornar-se vivo. Val não precisava sorrir; ela teria virado a cabeça dos homens em qualquer corte do mundo.[6]
Jon Snow em pensamentos
Solitária, adorável e letal, e eu poderia tê-la tido. Ela, Winterfell e o nome do senhor meu pai.[6]
Jon Snow em pensamentos
Estão todos convencidos de que ela é uma princesa. Val olhava os arredores e cavalgava como se tivesse nascido no lombo de um cavalo. Uma princesa guerreira, ele decidiu, não uma criatura graciosa que se senta em uma torre, escovando os cabelos e esperando que algum cavaleiro a resgate.[3]
Jon Snow em pensamentos

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Val, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências