Ações

The Last of the Starks (TV)

The Last of the Starks
Game of Thrones
Funeral S8 ep4 03.jpg
Episódio # Temporada 8, Episódio 4
Lançamento 5 de maio de de 2019
Roteirista(s) David Benioff e D. B. Weiss
Diretor(es) David Nutter
Duração 78 min.
Cronologia dos Episódios
← Anterior Próximo →
"The Long Night" "The Bells"
Lista completa de episódios

The Last of the Starks é o quarto episódio da oitava temporada da série de fantasia Game of Thrones, e o 71º episódio em geral. Foi escrito por David Benioff e D. B. Weiss e dirigido por David Nutter. O episódio foi exibido mundialmente pela primeira vez em 5 de maio de 2019, na HBO.

Enredo

Veja também: Imagens do episódio The Last of the Starks

Em Winterfell

Os mortos da batalha da Longa Noite são cremados numa pira funerária coletiva. Um banquete é dado para celebrar a vitória dos vivos nos salões de Winterfell. Daenerys decide legitimar Gendry como um Baratheon e o torna lorde de Ponta Tempestade. Gendry encontra Arya, confessa seu amor por ela e a propõe em casamento, mas ela recusa. Jaime, Brienne, Tyrion e Podrick fazem um jogo de bebida e Brienne deixa o salão quando Tyrion pergunta se ela ainda é virgem. Jaime vai atrás de Brienne e, no quarto dela, os dois fazem sexo. Enquanto isso, a rainha Daenerys começa a ficar ressentida com o fato de Jon e Arya receberam boa parte do crédito pela vitória contra os mortos, algo que Varys percebe nas feições dela. Daenerys confronta Jon e pede para que ele não revele para ninguém quem são seus pais verdadeiros, mas ele afirma que irá confessar a verdade pelo menos para Arya e Sansa, que são sua única família.

Daenerys deixa o Norte com o que sobrou dos seus exércitos e parte para Porto Real, o que deixa Sansa ressentida com o fato de que ela esta levando, junto com o Jon, todo o exército nortenho. Jon e Sor Davos vão com as tropas Westerosis por terra, pela Estrada do Rei, enquanto Daenerys e seus Imaculados navegam pelo mar para Pedra do Dragão. Jaime decide ficar para trás em Winterfell. Contudo, antes de Jon partir, Arya e Sansa se encontram com Jon e afirmam não confiar em Daenerys, mas Jon permanece leal a ela. Ele também conta, junto com Bran, sobre quem são seus pais verdadeiros.

Bronn chega em Winterfell para matar Jaime e Tyrion, mas ao invés disso decide negociar com os dois, reconhecendo que Daenerys ainda tem a vantagem, e os dois oferecem Jardim de Cima em troca de suas vidas. Arya se junta ao Cão de Caça e deixam o Norte rumo a Porto Real. Sansa confessa para Tyrion suas preocupações sobre Jon partindo para a capital e revela ao Lannister o real parentesco de Jon. Enquanto isso, Jon se despede de Tormund, que está indo morar em Castelo Negro com seu povo e o lobo Fantasma. Ele ainda encontra Sam e Gilly, com ela afirmando estar esperando mais um filho.

Mais tarde, Brienne revela para Jaime que Daenerys chegou em Pedra do Dragão e que o confronto com Cersei é iminente. No meio da noite, Jaime parte, em segredo, para Porto Real, com o intuito de se encontrar com a irmã, apesar das suplicas de Brienne para ficar para trás com ela.

Em Pedra do Dragão

Daenerys, seus dois dragões e seus navios chegam a Pedra do Dragão, mas antes que possam atracar, acabam sendo emboscados pela frota de Euron Greyjoy, que mata Rhaegal e então captura Missandei. Varys pede para Daenerys não queimar Porto Real e Tyrion convence ela a conversar com Cersei antes de atacar. Mais tarde, Varys, que é informado por Tyrion a respeito da real identidade dos pais de Jon Snow, admite para Tyrion que ele acha que Jon seria um líder melhor do que ela, mas Tyrion permanece leal a Daenerys.

Em Porto Real

Euron retorna para a capital e reporta para a rainha Cersei a morte de Rhaegal e a captura de Missandei. Cersei ordena que os portões da Fortaleza Vermelha permaneçam abertos para o povo, com o intuito de usar os civis como reféns para deter o ataque de Daenerys a cidade.

Daenerys, Tyrion e Verme Cinzento chegam em Porto Real e as duas rainhas exigem que uma se renda para a outra, com Cersei ameaçando matar Missandei caso Daenerys se recuse. Tyrion tenta apelar para a humanidade de Cersei e pede para que ela se renda pelo amor do filho dela, mas Cersei se recusa e ordena que Missandei seja imediatamente decapitada na frente de Daenerys e Verme Cinzento.

Recepção

Audiência

O episódio atraiu aproximadamente 11,8 milhões de espectadores na sua transmissão original na HBO.[1]

Crítica especializada

A recepção da crítica e dos fãs ao episódio foi variada; no site agregador Rotten Tomatoes, seu índice de aprovação foi de 57%, baseado em 103 resenhas, com uma nota média de 7,23/10, se tornando o episódio mais mal avaliado da série desde Unbowed, Unbent, Unbroken (maio de 2015). O consenso entre os críticos foi: '"The Last of the Starks" falha em preparar o caminho para a conclusão de Game of Thrones, mas serve intriga política e interação entre os personagens o suficiente para satisfazer'.[2]

Referências

  1. "Sunday cable ratings: 'Game of Thrones' stays high, 'Barry' dips". TV by the Numbers, 7 de maio de 2019.
  2. "The Last of the Starks". Rotten Tomatoes. Página acessada em 6 de maio de 2019.