Torrhen Stark

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png
Torrhen Stark
Stark.png
Torrhen Stark.jpg
Torrhen liderando seu exército.
Informações biográficas
Nome completo Torrhen Stark
Apelido(s) O Rei que Ajoelhou
Outros títulos Rei do Norte
Protetor do Norte
Senhor de Winterfell
Família
Casa Real Casa Stark
Predecessor Desconhecido
Herdeiro Desconhecido
Sucessor Desconhecido
Rainha Desconhecido
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Outros livros
Mencionado

Torrhen Stark, também conhecido como o Rei que Ajoelhou, foi o chefe da Casa Stark que reinou como o Rei do Norte até a chegada de Aegon I Targaryen a Westeros com seus dragões durante a Guerra da Conquista. O rei Targaryen permitiu que ele mantivesse o título de Lorde de Winterfell e o nomeou Protetor do Norte.[1]

História

Veja também: Imagens de Torrhen Stark

Guerra da Conquista

Após a conquista das Terras Fluviais e das Terras da Tempestade pelas forças de Aegon I Targaryen, Torrhen Stark convocou seus juramentados e começou a reunir um exército. Ele sabia que, devido a imensidão do Norte, levaria um longo tempo até que ele reunisse uma tropa grande. Após o Campo de Fogo, enquanto estava em Jardim de Cima, Aegon I foi informado que Torrhen e um exército de 30 mil nortenhos haviam cruzado o Gargalo e invadido as Terras Fluviais. Aegon I abandonou seus planos de continuar a marcha para o sul e foi para o norte, indo a frente do seu exército, montado em Balerion. Tanto Rhaenys quanto Visenya Targaryen, além dos lordes que haviam dobrado o joelho para Aegon depois de Harrenhal e o Campo de Fogo, souberam de seus movimentos e acompanharam o rei. Então quando Torrhen chegou as margens do rio Tridente, ele se deparou com uma tropa de 45 mil homens e três dragões.[1]

Torrhen dobrando o joelho para Aegon, o Conquistador.

Os batedores enviados por Torrhen haviam relatado as ruínas de Harrenhal e o rei nortenho tinha conhecimento do que acontecera no Campo de Fogo. Enquanto alguns dos seus lordes pediram para ele atacar imediatamente, ele sabia que não teria muitas chances de vencer e a batalha poderia terminar num massacre. Outros aconselharam o rei nortenho a recuar de volta para Fosso Cailin, para tentar resistir. Já o irmão bastardo de Torrhen, Brandon Snow, se ofereceu para se infiltrar no acampamento Targaryen a noite e matar os dragões.[1]

No final, Torrhen decidiu enviar seu irmão Brandon, acompanhado de três meistres, para se encontrar com Aegon. Durante toda a noite, mensagens foram trocadas e na manhã seguinte, Torrhen cruzou o Tridente e dobrou o joelho para Aegon I Targaryen, e então depositou sua coroa aos seus pés e jurou fidelidade a ele. Após sua rendição, foi permitido a Torrhen manter o título de Lorde de Winterfell e então Aegon o nomeou seu Protetor do Norte.[2][1] Desde então, Torrhen ficou conhecido como o Rei que Ajoelhou.[1] Não se sabe o que Aegon fez com a coroa de Torrhen.[3] A Estalagem do Ajoelhado foi mais tarde construída no local onde Torrhen havia dobrado o joelho.[4]

Reinado de Aegon I

Após a submissão de Torrhen, a Companhia da Rosa, uma companhia mercenária, foi formada por homens (e por mulheres, segundo alguns relatos) do Norte que se recusavam a aceitar viver sob o governo de Aegon I Targaryen. Eles deixaram Westeros e partiram pelo mar estreito em direção a Essos.[5]

Os filhos de Torrhen também não concordavam com a submissão aos Targaryens. Alguns falaram em rebelião e levantar os estandartes Stark.[6] Não é sabido se Torrhen deu seu consentimento a isso ou não. Contudo, os Starks não se rebelaram.

A filha de Lorde Torrhen foi casada com Ronnel Arryn, Senhor do Vale.[6][7] Esse casamento foi arranjado pela rainha Rhaenys Targaryen, numa tentativa de unificar mais o reino. Lorde Stark protestou mas acabou concordando, enquanto seus filhos se recusaram a ir na cerimônia.[6] Lorde Ronnel morreria ainda durante o reinado de Aenys I Targaryen, assassinado pelo próprio irmão, Jonos.[7][8] A família de Ronnel também foi assassinada.[9] Não é sabido se a filha de Torrhen ainda estava viva neste período.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  2. A Guerra dos Tronos, Capítulo 66, Bran.
  3. A Fúria dos Reis, Capítulo 7, Catelyn.
  4. A Tormenta de Espadas, Capítulo 11, Jaime.
  5. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  6. 6,0 6,1 6,2 O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  7. 7,0 7,1 O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  8. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  9. Sons of the Dragon reading, LonCon 2014[1]