Vermithor

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Vermithor
Vermithor.jpg
Apelido(s) A Ira de Bronze
Lealdade Jaehaerys I Targaryen
Hugh Hammer
Nascimento Em entre 30 d.C. e 35 d.C.[1]
Morte Em 130 d.C., em Tumbleton
Livro(s) O Mundo de Gelo e Fogo (mencionado)
Os Filhos do Dragão (mencionado)
A Princesa e a Rainha (mencionado)

Vermithor, chamado de a Ira de Bronze, foi um dragão macho montado pelo rei Jaehaerys I Targaryen.

Aparência

Vermithor era um dragão bronze com "grandes azas bronzeadas".[2] Vermithor já era um dragão grande em 48 d.C.;[3] Apenas Balerion e Vhagar eram maiores.[4] No período da Dança dos Dragões, Vermithor já tinha quase 100 anos de idade.[2]

Vermithor era considerado uma criatura temível.[2] Acostumado aos homens e tendo tido um montador anterior, no período do reinado de Aegon II Targaryen, Vermithor tolerava a presença de pessoas ao seu redor e aceitou novos montadores.[2]

História

Vermithor tomou o príncipe Jaehaerys Targaryen como seu montador por volta de 48 d.C., quando Jaehaerys tinha feito sua reivindicação ao Trono de Ferro.[4][3] Nove dias após a morte misteriosa do rei Maegor I Targaryen, Jaehaerys voou para Porto Real em Vermithor para reclamar a coroa.[3] Durante seu reinado, Jaehaerys I e sua irmã-esposa, a rainha Alysanne Targaryen, visitaram Winterfell com seis dragões.[5] Após Alysanne ficar entediada, ela voou em seu próprio dragão, Silverwing, ao norte para a Muralha. Jaehaerys a seguiu montado em Vermithor.[6]

Vermithor ficou sem um cavaleiro quando o rei Jaehaerys I faleceu em 103 d.C.. Durante todo o reinado do sucessor de Jaehaerys, o rei Viserys I Targaryen, Vermithor ficou sem alguém para monta-lo.[7] Nesse tempo, o animal ficou em Pedra do Dragão e fez seu covil nas cavernas esfumaçadas do Monte Dragão.[2]

Em algum momento, Vermithor e Silverwing se tornaram um par. Durante a Dança dos Dragões, a grande guerra civil Targaryen, Vermithor e Silverwing foram vistos se serpenteando nos campos.[2]

Em 129 d.C., após o começo da Dança dos Dragões, o príncipe Jacaerys Velaryon decidiu que a facção que lutava por sua mãe precisava de mais cavaleiros de dragões. Muitos tentaram reclamar um dragão para si; Lorde Gormon Massey tentou se aproximar de Vermithor, que o queimou vivo. Eventualmente, Vermithor se dobrou perante um bastardo de um ferreiro, chamado Hugh Hammer.[2][7] Hugh voou em Vermithor em combate na Batalha da Goela. Junto com Silverwing, Sheepstealer, Vermax e Seasmoke, Vermithor caiu sobre o navio das Três Filhas.[2]

Quando Porto Real caiu nas mãos dos apoiadores de Rhaenyra Targaryen, Hugh pousou com Vermithor na Colina de Rhaenys, do lado de fora do Fosso dos Dragões. Lá, Vermithor fez seu covil antes de ir para a batalha novamente. Hugh voou em Vermithor durante a Primeira Batalha de Tumbleton. Hugh e Ulf, o Branco, que voava em Silverwing, mudaram de lado durante esta batalha, traindo Rhaenyra em favor de Aegon II Targaryen. Vermithor, Silverwing e Tessarion, o dragão do irmão de Aegon II, o príncipe Daeron, soltaram suas chamas sobre Tumbleton, que acabou saqueada também.[2]

Com uma tropa Hightower mantendo Tumbleton guarnecida, Hugh reslveu ficar por lá também com Vermithor. Quando o rei Aegon II desapareceu e o Príncipe regente Aemond Targaryen foi morto, Hugh Hammer decidiu reivindicar a coroa e se declarou rei, já que agora ele era o cavaleiro com o maior e mais velho dragão vivo.[2] Durante a Segunda Batalha de Tumbleton, Addam Velaryon, montado em Seasmoke, atacou com uma tropa de 4 mil homens, surpreendendo a tropa Hightower numa surtida no meio da noite. Hugh correu para montar em Vermithor mas foi detido por Jon Roxton, um dos Abrolhos, que matou Hugh com sua espada de aço valiriano, a Fazedora de Órfãos. Vermithor, agora sem alguém para monta-lo, ainda estava adormecido no momento e foi pego no chão quando dois cavaleiros se aproximaram com o intuito de mata-lo. Eles fracassaram, contudo, e morreram na tentativa. Ferido e enraivecido, Vermithor decolou e começou a atacar todos a seu redor, independente de que bandeira tivessem na mão. Ele matou um cavaleiro que tentou fugir, mordendo-o e erguendo-o do solo, e ainda queimou os lordes Piper e Deddings, com seus escudeiros, serventes e escudos juramentados.[2]

Enquanto Vermithor estava a apenas seis metros do solo, Seasmoke o acabou por cima. Os dois dragões rolaram no chão, tão enrolados um no outro que nenhum conseguiu se livrar do outro. De acordo com lorde Benjicot Blackwood, Seasmoke não era páreo para Vermithor, que era mais velho, maior e mais pesado. Lorde Blackwood acredita que Vermithor teria esmigalhado Seasmoke se não fosse por Tessarion que se envolveu na briga. Os três dragões lutaram até a morte. Vermithor matou Seasmoke ao morder seu pescoço e arrancar sua cabeça. Ele tentou voar com seu 'prêmio' ainda na mandíbula mas suas asas estavam despedaçadas, não suportando seu peso. Ele então colapsou e morreu.[2]

É dito que, quando anoiteceu, Silverwing, que havia fugido quando a batalha começou, desceu e pousou ao lado dos dragões falecidos. Mais tarde, cantores afirmariam que ela tentou levantar Vermithor três vezes com seu focinho, como se tentasse faze-lo voar novamente. De acordo com o arquimeistre Gyldayn, isto é nada mais que uma fábula.[2]

Cavaleiros de Vermithor conhecidos

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Vermithor, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. Em 130 d.C., é dito que Vermithor tem quase 100 anos de idade.
  2. 2,00 2,01 2,02 2,03 2,04 2,05 2,06 2,07 2,08 2,09 2,10 2,11 2,12 A Princesa e a Rainha.
  3. 3,0 3,1 3,2 Os Filhos do Dragão.
  4. 4,0 4,1 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Jaehaerys I.
  5. A Tormenta de Espadas, Capítulo 41, Jon.
  6. O Festim dos Corvos, Capítulo 5, Samwell.
  7. 7,0 7,1 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Aegon II.