A Guerra dos Tronos - Capítulo 15

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Sansa I
Capítulo de A Guerra dos Tronos
A Guerra dos Tronos.jpg
PDVSansa
LocalEstalagem do Entroncamento, Terras Fluviais, Westeros
Página104-113 PT-BR Leya (Outras versões)
CenaThe Kingsroad (Série HBO)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Catelyn III ← Sansa I → Eddard III

Sansa I

Após explorar o acampamento, Sansa Stark sai para cavalgar com seu prometido, Príncipe Joffrey Lannister. Perto do Vau Rubi, eles avistam Arya Stark e o filho do açougueiro lutando. Joffrey então atormenta o menino, até Arya resolver atacá-lo.

Resumo

Robert Baratheon e Rhaegar Targaryen, extraída de 'A Guerra dos Tronos - Edição Ilustrada', por Mike S Miller ©.

Sansa está tomando café da manhã com a Septã Mordane em uma estalagem próximo ao Tridente. Quando Sansa alimenta sua loba gigante Lady debaixo da mesa, a septã diz que, embora Sansa seja uma boa garota, ela é tão teimoso quanto sua irmã Arya quando se trata de sua loba.

A septã informa Sansa que elas foram convidadas a montar na casa rolante com a Rainha Cersei e a Princesa Myrcella. Sansa fica ansiosa com isso por uma semana, esperando uma chance de estar com Príncipe Joffrey. Joffrey é tudo o que ela sempre desejou que seu príncipe fosse: alto, forte e bonito. A única coisa que Sansa teme é que Arya arruine tudo por ela. Septã Mordane quer que Sansa e Arya se vistam bem para o evento, e Sansa já decidiu um vestido de seda fina. Ela não espera que Arya use qualquer coisa apropriada. Sansa implora para ser liberada, para que possa procurar Arya.

Ela encontra Arya nas margens do Tridente, tentando tirar a lama de Nymeria. Arya não está interessada em ir para a casa rolante e pretende cavalgar com Mycah para procurar rubis no rio. Sansa insiste que não existe diversão na equitação, porque não há nada para se ver naquele lugar, mas Arya fica fascinada por todas as novas flores e paisagens e pessoas que encontra ao longo do caminho. Sansa informa a Arya que ela terá que vir, perguntando por que alguém iria querer cavalgar um cavalo fedido, quando poderia ir à casa rolante montar em travesseiros, comer bolos de limão e fazer companhia para a rainha. Arya responde que nem sequer gosta da rainha, e que pretende sair para cavalgar. Sansa, sai desistindo, mas Arya grita enquanto a irmã parte, dizendo que Lady não será permitida na casa rolante, deixando Sansa sem palavras.

Enquanto se aproxima do campo, Sansa vê uma multidão reunida ao redor da casa rolante; O conselho enviou uma guarda de honra de Porto Real para acompanhá-los o resto do caminho. A comitiva inclui dois cavaleiros em armadura fina: um homem velho forte em armadura branca e um jovem bonito em armadura verde. Há também um homem magro e sombrio que Sansa acha tão assustador que ela recua, esbarrando diretamente em Sandor Clegane. Sansa se ajoelha e abraça Lady e, quando percebe, os dois recém-chegados se arguem sobre ela. Joffrey explica que o homem assustador é Sor Ilyn Payne, o Magistrado do Rei (executor real).

O cavaleiro branco então se apresenta como Sor Barristan Selmy, Senhor Comandante da Guarda Real, mas o cavaleiro verde insiste que ela adivinhe. Com base em sua idade e seu leme de chifres, Sansa corretamente o deduziu como o irmão mais novo do rei, Lorde Renly Baratheon. Sentindo-se mais confortável, Sansa pede desculpas a Sor Ilyn Payne, mas o homem não fala. Quando ele parte, Joffrey explica que sua língua foi arrancada pelo Rei Louco Aerys.

A rainha diz que deve falar com os conselheiros e, portanto, deve adiar o dia com Myrcella. Em vez disso, ela pede a Joffrey para entreter seus convidados. Sansa está muito feliz com a ideia de um dia inteiro com Joffrey. Ela se oferece para fazer o que quer que o principe deseje, e quando Joffrey sugere que saiam para cavalgar, Sansa de repente mostra-se extremamente empolgada, dizendo que ama andar a cavalo. Joffrey então sugere que seria melhor deixar Lady e seu cão, Sandor Clegane, para trás. Quando Sansa questiona abandonar o guarda, Joffrey brande sua espada, Dente de Leão.

Arya empunha Dente de Leão enquanto Joffrey lamenta por sua vida no chão, por Thomas Denmark © Fantasy Flight Games.

Eles viajam ao longo do rio, explorando o campo até se aproximarem do campo de batalha onde o Rei Robert derrotou Rhaegar Targaryen. Então eles ouvem um som estranho, de madeira colidindo, vindo de perto. Em uma clareira próxima, eles encontram um garoto e uma menina lutando com paus. O menino, mais alto e mais velho do que a garota, está ganhando. Quando a menina é desarmada por um golpe na mão, Sansa a reconhece como Arya. Joffrey ri e o menino, um filho de açougueiro chamado Mycah, larga o bastão. Joffrey começa a provocar Mycah e desafia-o a lutar, espada contra o bastão. Mycah insiste que Arya pediu-lhe para lutar contra ela, e Sansa rapidamente percebe é a verdade. Joffrey permanece alheio no entanto, e chega até a acertar a bochecha do menino com a espada dele. Arya pega seu pedaço de madeira, e diz a Joffrey para deixar Mycah em paz. Joffrey insiste, dizendo que ele não irá machucá-lo muito.

Sem aviso, Arya quebra sua vara na parte de trás da cabeça de Joffrey. Mycah foge enquanto um enfurecido Joffrey cambaleia, mas consegue bloquear um segundo golpe de Arya na espada, derrubando o pedaço de madeira da mão dela. Ignorando os gritos de Sansa para que parem, Arya joga uma pedra e atinge o cavalo de Joffrey, afastando-o. Joffrey persegue Arya com sua espada até que ela esteja apoiada contra uma árvore. De repente, Nymeria aparece, atacando o braço de espada do Joffrey e forçando-o a soltar sua lâmina. Arya chama Nymeria e pega Dente de Leão enquanto Joffrey choraminga no chão. O príncipe implora para Arya para não machucá-lo. Arya joga a espada no rio antes de fugir com Nymeria.

Assim que Arya desaparece, Sansa corre para ajudar Joffrey, com ternura, mas ele grita para ela sair e não tocá-lo.

Sansa pode ver o desprezo em seus olhos.

Citações

Os rubis de Rhaegar. Foi aqui que o Rei Robert o matou e conquistou a coroa.[1]
Arya Stark, para Sansa.
(...) Às vezes é divertido cavalgar junto às carroças e conversar com as pessoas.[2]
— Arya, para Sansa.
Vai ter bolos de limão e chá. Por que motivo ia querer montar um velho cavalo malcheiroso e ficar toda dolorida e suada quando pode se encostar em almofadas de penas e comer bolos com a rainha.[3]
— Sansa, para Arya.
Os Stark usam-nos como amas de leite.[4]
Sandor Clegane, sobre Lady.
Nada tema, senhora. Sou quase um homem-feito, e não luto com madeira como seus irmãos. Tudo de que necessito é isto. Chamo-a Dente de Leão.[5]
Joffrey Baratheon, para Sansa.
Não, não me machuque. Vou contar para minha mãe.[6]
— Joffrey, para Arya.
Então vá. E não me toque.[7]
— Joffrey, para Sansa.

Listas

Personagens

Aparecem:

Aparecem:

Mencionados:

Mencionados:

Casas

Aparecem:

Mencionados:

Locais

Aparecem:

Mencionados:

Outros termos

Galeria

Links externos

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em A Game of Thrones-Chapter 15, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 105.
  2. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 106.
  3. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 106.
  4. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 108.
  5. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 110.
  6. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 112.
  7. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa, página 113.