O Festim dos Corvos - Capítulo 44

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Jaime VII
Capítulo de O Festim dos Corvos
O Festim dos Corvos.jpg
PDVJaime Lannister
LocalCorrerrio
Página564 PT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Jaime VI
Cersei X ← Jaime VII → Samwell V

Sinopse

Jaime acorda no meio da madrugada e descobre que o inverno chegou, por Elisa Poggese©.

Emmon Frey, agora Senhor de Correrrio, exige a cabeça de Edmure Tully. Sor Jaime no entanto não pretende fazer com que os desejos do tio se concretizem, embora ele fique tentado, já que Edmure traiu suas concessões aos ajudar seu tio, Sor Brynden, a escapar do castelo. Apesar de uma busca em massa pelo irmão de Lorde Hoster ter sido ordenada, Jaime sabe o Peixe Negro não será encontrado, e também não abandonará a luta. Antes de ser escoltado para o oeste para Rochedo Casterly como prisioneiro, Sor Edmure fala o que pensa: Você nunca vai saber o quão doente faz-me vê-lo aqui, Regicida. Você nunca vai saber o quanto eu o desprezo.

Mais tarde, Lady Sybell Spicer e sua filha, a viúva Rainha Jeyne Stark, são apresentadas perante Jaime. Jeyne está de luto por seu marido e desafia constantemente sua mãe, mas quando Sybell perde o controle e quase a fere, Jaime intervém e gentilmente pede para Jeyne deixar o solar. Jaime confirma a Lady Sybell que a Casa Westerling tem o seu perdão, seu irmão foi nomeado Senhor da Castamere e casamentos serão organizadas para suas filhas, embora Jeyne terá que esperar dois anos antes de se casar de novo, para evitar rumores de que qualquer criança que ela tenha seja de Robb Stark. Lady Sybell pede a Jaime para perguntar pelo seu filho, Sor Raynald, que acompanhou Robb para as Gêmeas, e não tinha conhecimento do acordo entre a mãe e Tywin Lannister. Jaime, suspeitando que Raynald esteja provavelmente morto já que Walder Frey também não sabia do arranjo, compromete-se a se informar a respeito, prometendo que a Casa Lannister vai pagar seu resgate se Raynald estiver mantido em cativeiro. Ela, então, menciona que Lorde Tywin prometeu um casamento nobre para ele, e que Raynald deve ter sua alegria. Quando Jaime afirma que a "alegria" será a filha de seu tio Gerion, (chamada Joy, mas foi traduzida como Felity nesse capítulo)[N 1], Sybell grita: Você quer que um Westerling se case com uma bastarda? Jaime, desejando estrangular a mulher com seu próprio colar, retruca: Não mais do que eu quero que Joy se case com o filho de alguma cadela vira-casacas conspiradora. Sua filha vale dez de você, minha senhora. Você vai sair com Edmure e Ser Forley no dia seguinte. Até lá, você faria bem em ficar fora da minha vista. Em seguida, ele contempla o quanto Lorde Gawen Westerling realmente sabia dos esquemas de sua esposa.

Na manhã seguinte, Jaime adverte Sor Forley Prester a proteger Sor Edmure, por medo de Peixe Negro ou Beric Dondarrion tentarem libertá-lo. O cavaleiro está consciente de suas ordens: matar Edmure se ele tentar escapar. Jaime acrescenta que ele deve fazer o mesmo com Jeyne Stark, afirmando que ela será duas vezes mais perigosa, se conseguir escapar.

Jaime, em seguida, visita Edwyn Frey, que está preparando seu exército para voltar para as Gêmeas. Edwyn revela que seu pai, Sor Ryman Frey, juntamente com toda a sua comitiva, foram enforcados por Senhora Coração de Pedra, perto de Feirajusta. Embora Edwyn culpe Jaime, o Senhor Comandante está ciente de que Edwyn não poderia se importar menos que seu pai está morto. E embora Edwyn agora seja herdeiro das Gêmeas, Jaime sabe que Walder Negro irá provavelmente fazer algo para matar seu irmão. A única preocupação real de Jaime é que os foras da lei estejam ficando mais ousados, já que ​poderiam estar dispostos a matar o herdeiro de Lorde Walder. Jaime se despede depois de perguntar sobre o destino de Sor Raynald. Aparentemente, o irmão de Rainha Jeyne foi responsável por perder Vento Cinzento para os Frey, e foi atingido antes de mergulhar no rio. Jaime comenta que os responsáveis poderiam ser mortos por isso, e só então os Freys param de fazer piadas com o ocorrido.

Já que tomou Correrrio sem ter de pegar em armas contra Tullys ou Starks, Jaime concorda em permitir que Sor Desmond Grell e Sor Robin Ryger vistam o negro, comandando Raff, o Querido a escoltá-los para Lagoa da Donzela. Durante o discurso de Lorde Emmon ao povo de Correrrio, Jaime fala com o cantor ele tirou do acampamento de Ryman Frey anteriormente. Ele revela-se como Tom das Sete, e diz a Jaime que ele espera tocar para Lady Genna e Lorde Emmon durante o inverno.

Naquela noite, Jaime sonha com sua mãe, Lady Joanna, a quem ele mal se lembra, mas o sonho perturba. Nele sua mãe chora e pergunta quem ele realmente é. Jaime acorda assustado e percebe que o inverno chegou as Terras Fluviais. Na parte da manhã, Meistre Vyman entrega uma mensagem de Cersei escrita por Qyburn. O velho meistre pergunta se Jaime deseja responder, mas o Comandante da Guarda Real entrega a carta a Peck, dizendo: "Não. Coloque isso no fogo."

Citações

Sybell: Foi mencionada a ideia de também arranjar uma união para ele. Uma noiva de Rochedo Casterly. O senhor seu pai disse que Raynald deveria ficar feliz, se tudo corresse como esperava.

Jaime: Felity é filha ilegítima de meu falecido tio Gerion. Um noivado pode ser combinado, se for este o seu desejo, mas o casamento terá de esperar. Felity tinha nove ou dez anos da última vez que a vi.

Sybell: Filha ilegítima? Quer que um Westerling case com uma bastarda?

Jaime: Não o desejo mais do que ver Felity casada com o filho de uma cadela intriguista e traiçoeira. Ela merece algo melhor. Sua filha vale dez vezes mais do que você, senhora. Amanhã partirão com Edmure e Sor Forley. Até lá faria bem em ficar longe da minha vista.[1]

Sybell Spicer e Jaime Lannister

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Jaime VII - A Feast for Crows, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Notas

  1. Na versão original é mencionado a palavra Joy, que significa alegria ou felicidade e isso faz sentido em inglês, visto que o nome dela é Joy Hill, porém na tradução para português, isso perde o sentido. Para tentar manter a coerência do diálogo, os tradutores modificaram o nome de Joy Hill para Felity Hill no caítulo 44 de Jaime no livro O Festim dos Corvos para aproximar seu nome da palavra feliz ou alegre, mas ainda assim a adaptação ficou confusa e de difícil compreensão. Além do mais ela já tinha sido mencionada como Joy Hill em outros livros como no capítulo 53 de Tyrion em A Tormenta de Espadas e nos apêndices dos livros A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis, A Tormenta de Espadas, A Dança dos Dragões e INCLUSIVE no apêndice do próprio O Festim dos Corvos.

Referências

  • Sinopse copiada da AOL, encontrada originalmente em [1]
  1. O Festim dos Corvos, Capítulo 44, Jaime.