Ações

A Dança dos Dragões - Capítulo 33

Tyrion VIII
Capítulo de A Dança dos Dragões
A Dança dos Dragões.jpg
PDVTyrion Lannister
LocalMar de Verão
Página374-384 PT-BR Leya (Outras versões)
Cena. (Série HBO)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Tyrion VII
Fedor III ← Tyrion VIII → Bran III

Tyrion IX

Tyrion e seus companheiros passam por Valíria com Moqorro.

Resumo

Tyrion está a bordo do Selaesori Qhoran[1], uma galé de comércio que está a caminho de Qarth. Ele observa a oração da noite liderada por Moqorro, um sacerdote vermelho das Ilhas de Verão e mão direita de Benerro. Tyrion pergunta a Moqorro o que ele vê nas chamas, a que ele responde "dragões, verdadeiros e falsos, com Tyrion no meio deles".

Tyrion então começa a tentar fazer amizade com Merreca, com muita dificuldade no começo. Ele pede desculpas pelo que aconteceu com seu irmão Oppo e diz a ela que não foi ele quem matou seu irmão, mas sim sua irmã Cersei. Independente disso, ela ainda culpa Tyrion e se mostra muito magoada com ele. Mais tarde, há uma terrível tempestade. Merreca diz a Tyrion que a tempestade a assustou, e ela pensou que fosse morrer. E então desabafa dizendo que o culpa de verdade pela morte de Oppo.

Após isso, Merreca passa mais tempo no convés, ao passo que antes, ela passou a maior parte do tempo se escondendo em sua cabine. Então eles começam a passar mais tempo juntos, as conversas espirituosas de Tyrion começam a animá-la, ele ouve a risada dela e a observa agir muito mais parecida com a menina que ela realmente é.

A galé então se aproxima da costa de Valíria. Tyrion vê os fogos das Quatorze Chamas. À medida que se aproximam do lugar, Tyrion pensa sobre as profecias e lendas que motivam os seguidores de R'hllor, e eles se estariam certos sobre qual Targaryen devem seguir. Moqorro diz que ele tem visto em suas chamas que existem outras pessoas que procuram Daenerys. Tyrion pergunta a Moqorro o que mais ele tem visto a que ele responde que ele vê apenas suas sombras, mas uma maior do que as outras. Uma coisa de alta e retorcida, com um olho preto e dez braços, navegando em um mar de sangue.

Links externos

Sobre a página

Referências

  1. O nome do navio é uma tradução aproximada de "Senescal Perfumado" e, portanto, uma possível referência à profecia de Quaithe no Capítulo11.